Barrageiros já estão se animando com construção da usina Tabajara em Machadinho

112

Desbloquear o futuro
Velhas práticas insustentáveis e criminosas de vários matizes que agridem a Amazônia são as engrenagens do motor que espalha pelo mundo uma péssima imagem do país, afugentando investimentos, travando o desenvolvimento econômico, minando o turismo e o resgate da infraestrutura.
Apesar do jogo contra medieval, há novidades prontas a contribuir para mudar o rumo dessa triste história. Fala-se muito, por exemplo, nas maravilhas que o blockchain pode operar em favor da Amazônia, unindo o país em torno do melhor e do futuro, rompendo com maus costumes e saindo de vez do atraso.
Com a devida cautela que uma avó índia experiente e desconfiada teria, requerendo explicações detalhadas e ouvindo vários pontos de vista antes de fazer a escolha, é digna pelo menos de debate a proposta de criar a criptomoeda Amazoncoin.
Parceria entre a holding KBC e o Instituto Nacional de Excelência em Políticas Públicas, que tem nome de autarquia federal mas não é, a Amazoncoin é vendida como baseada em protocolo de confiança mirando privilegiar a produção sustentável e de olho no mercado de créditos de carbono.
A depender de debates entre a velha índia, o jovem antenado e o pessoal da ciência e informação, cedo ou tarde as amarras do passado que seguram o Brasil no atraso terão que ser rompidas. O blockchain pode ser a chave para desbloquear o futuro.
……………………………………………………

Olho neles…
Os caciques partidários estarão de olho nos desempenhos das candidaturas do prefeito Hildon Chaves (PSDB-Porto Velho) e Laerte Gomes (PSDB- Ji-Paraná) nas eleições do ano que vem. Existem fortes suspeitas, que eles vitoriosos, ficarão de asas crescidas para disputar o governo de Rondônia em 2022. Portanto alguns aliados só vão fingir que apoiam se fazendo de “gatos mortos” na reta final.

Caciques pilantras!
A estratégia dos caciques ante eventuais campanhas vitoriosas de Hildon Chaves e Laerte Gomes é de atrair para sí possiveis sucessos nas urnas se dizendo responsáveis pelo feito. Caso Hildon e Laerte sejam derrotados, os manda-chuvas dirão que nada tem a ver com os “sem votos”, para não saírem chamuscados dos palanques. Em política, como se vê, todo o cuidado é pouco!

Geração de empregos
O Estado de Rondônia, que depois do ciclo da construção das usinas de Santo Antonio e Jirau afundou com elevados índices de desemprego, com milhares de trabalhadores se transferindo para Altamira para a construção da Usina de Belo Monte, poderá retomar melhores patamares em termos de geração de postos de trabalho com carteira assinada com a anunciada Usina Hidrelétrica de Tabajara em Machadinho do Oeste. Os barrageiros já estão se animando

Fundo partidário
Como ocorre no PSL na peleja pelo controle da agremiação em Rondônia, também uma disputa acirrada ocorre nos meios tucanos, aonde a coisa vai se encaminhando a favor da deputada federal Mariana Carvalho. O pano de fundo na peleia envolvendo os adeptos do ex-senador Expedito Junior e a família Carvalho é o generoso fundo partidário para as eleições municipais. Só será possível evitar a brigarada com rachachá!

Os supermercados
Muita gente ainda urrando com o prolongamento da crise econômica, mas o ramo de supermercados voltou a crescer no estado de Rondônia. O Grupo Gonçalves, além de novas unidades inauguradas na capital também esta chegando a Zona da Mata e Cone Sul Rondoniense. Na capital, o Super Oliveira já tem nove lojas, o Meta se expandiu, o Tuite dobrou de tamanho, o Centro do Norte já conta com três unidades na capital.
………………………………………………………………………………….
Via Direta
*** Depois de ouvir amigos, parentes e correlegionários o professor Herbert Lins anunciou a desistência na disputa pela prefeitura de Nova Mamoré *** Dois vices prefeitos estão de olho na titularidade em suas prefeituras no ano que vem: Lucas Follador (DEM-Ariquemes) e Edgar do Boi (PSDC-Porto Velho) *** E tem vice que se tornou prefeito e agora vai disputar a reeleição: Marcito Pinto (PDT-Ji-Paraná) *** Os políticos, aqueles que brigaram recentemente e que queriam o impeachment do governador, fizeram as pazes, mas os chantageados guardaram as fitas propineiras num cofre reforçado *** Vai que os pilantras das propinas tenham uma recaída e voltem à ativa contra o CPA? *** As imobiliárias de Porto Velho estão lançando novas promoções visando aquecer o mercado ainda fraquejando *** Mas os corretores já estão otimistas com 2020 tendo em vista novos lançamentos de loteamentos e condomínios *** Afinal, nada é lançado no ramo antes de pesquisas com profundidade.