CONCURSO: TCE lança edital com 14 vagas e salário até R$ 35 mil

99
Vagas são oferecidas para candidatos com ensino superior nas áreas pretendidas

O Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE/RO) publicou nesta sexta-feira, 26, os editais do concurso TCE-RO para analistas, auditores e procuradores. A oferta é de 14 vagas imediatas mais cadastro de reserva para profissionais de nível superior. As remunerações chegam a R$35 mil.

O primeiro edital traz 13 vagas. Desse quantitativo, cinco são para analista de Tecnologia da Informação na especialidade de Desenvolvimento de Sistemas, com ganhos de R$ 8.646,36.

As demais oportunidades são para auditor de controle externo, distribuídas entre as áreas de Administração (uma), Ciências Contábeis (uma), Direito (uma), Economia (uma) e Engenharia Civil (quatro). Os vencimentos são de R$11.483,67.

Os valores já incluem o salário-básico, o auxílio-transporte, auxílio-saúde condicionado, auxílio-saúde direto, auxílio-alimentação e gratificações. Para se candidatar é preciso ter concluído nível superior na área de interesse.

Os aprovados serão lotados na sede do TCE-RO, em Porto Velho, ou em uma das Secretarias Regionais de Controle Externo. A jornada será de 30 horas de trabalho por semana.

Já o segundo edital tem a oferta de uma vaga para procurador do Ministério Público de Contas. Será formado, por outro lado, um cadastro de reserva com 15 aprovados, sendo 13 de ampla concorrência e dois da cota de pessoas com deficiência.

O cargo tem como pré-requisitos o diploma de Bacharelado em Direito e, no mínimo, três anos de atividade jurídica. Os salários dos procuradores são de R$35.462,22 para jornada de 30 horas por semana. A lotação será na sede do tribunal.

Inscrições abertas em agosto

As inscrições do concurso TCE-RO serão abertas às 10h do dia 2 de agosto. Os cadastros poderão ser feitos até às 18h de 21 de agosto, pelo site do Cebraspe, banca organizadora. O primeiro passo será preencher a ficha com todos os dados solicitados.

Em seguida, gerar o boleto e pagar a taxa de R$120 para analistas e auditores e de R$280 para procuradores. O pagamento poderá ser efetuado até 13 de setembro.

Poderão solicitar a isenção dos valores apenas membros de famílias de baixa renda, inscritos no programa CadÚnico e quem não tiver utilizado a isenção mais de três vezes em 2019.

Para isso, será necessário completar requerimento específico e enviar a documentação comprobatória das condições no período de 2 a 21 de agosto, pelo portal do Cebraspe.

A relação provisória dos pedidos de isenção da taxa será divulgada no dia 30 de agosto. Caberá recurso.

Provas serão em outubro

O concurso TCE-RO será composto por provas objetivas, discursivas, investigação social e avaliação de títulos. Para os candidatos a procurador, haverá ainda a inscrição definitiva e prova oral. Todas as etapas serão aplicadas na cidade de Porto Velho, capital de Rondônia.

No caso de analistas e auditores, os exames objetivos e discursivos serão realizados no dia 20 de outubro, no turno da manhã, com duração de cinco horas.

Eles deverão responder a 80 questões, sendo 20 de Conhecimentos Básicos e 60 de Conhecimentos Específicos. Além de elaborar uma dissertação de até 30 linhas sobre um tema específico.

Será reprovado quem obtiver nota inferior a oito pontos em Conhecimentos Básicos, 24 em Específicos e 40 no conjunto das provas objetivas.

Já os concorrentes ao cargo de procurador realizarão a prova objetiva no sábado, 19 de outubro e a prova discursiva no domingo, 20 de outubro. Ambos no turno da tarde, com duração de cinco horas.

Eles serão submetidos a 100 questões objetivas e a três perguntas discursivas e um parecer. Será eliminado do concurso para procurador o candidato que obtiver nota inferior a 60 pontos na prova objetiva.

O prazo de validade da seleção será de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.