Empresários são flagranteados suspeitos de combinarem licitação

53
Valor dos contratos passam de 2,3 milhões de reais

Polícia Civil por meio do Sevic de Costa Marques após receber informações do Ministério Público realizou diligências junto a comissão permanente de licitação da prefeitura Municipal de Costa Marques e encontrou indícios de combinação entre alguns licitantes para se beneficiarem de contratos que chegam ao valor total de 2 milhões e 300 mil.

O delegado Reinaldo Reis apreendeu o processo licitatório, apreendeu celulares dos acusados e flagranteou três empresários suspeitos de combinarem valores para fraudar o caráter competitivo da licitação.

O delegado ressaltou que um dos empresários havia sido preso recentemente em flagrante por crime contra a administração municipal.

Eles foram autuados pelo art 90 da Lei de Licitações pelo crime de fraudar o caráter competitivo da licitação, tendo sido  estabelecido fiança no valor de R$ 10 mil para dois dos empresários e 15 mil Reais para empresário reincidente no fato.

A polícia civil e o Ministério Público estão atentos às contas e compras públicas no município de Costa Marques e mais investigações estão em andamento.

Com informações Diário da Amazônia.