Governo de Rondônia cumpre mais uma etapa para entrega de 950 casas no Residencial Cristal da Calama, em Porto Velho

4
Mais de 900 famílias acompanharam com ansiedade o sorteio do endereço da futura residência

O governo estadual cumpriu nesta sexta-feira (12) mais uma etapa com mais de 900 famílias que foram sorteadas para adquirir um imóvel pelos programas Minha Casa Minha Vida (federal) e Morada Nova (estadual) no Residencial Cristal da Calama, em Porto Velho, e aguardam a entrega. Em sorteio realizado na quadra da Escola estadual Flora Calheiros pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), pelo menos 950 pessoas conheceram o endereço onde irão residir e tiveram agendados a data e o horário para realizar a vistoria, que acontecerá de 22 de abril a 7 de maio. Após este processo, será gerado o contrato pelo Banco do Brasil para assinatura e em seguida será feita a entrega das chaves.

No evento, a secretária e primeira-dama do Estado, Luana Rocha, acompanhada da adjunta Liana Silva, destacou a importância para estas famílias, que se inscreveram e atenderam a vários critérios estabelecidos pelo programa habitacional do governo federal, o principal deles ser de baixa renda e não ter imóvel registrado em seu nome. Luana ainda observou que muitas destas famílias pagam aluguel ou vivem de favor. “Agora elas poderão finalmente dizer que têm uma casa própria”, ressaltou a secretária, adiantando que o governador Coronel Marcos Rocha também planeja a construção de moradias populares com vistas a reduzir o déficit habitacional em Rondônia.

A artesã Edmea foi a primeira
 sorteada

A primeira sorteada foi a artesã Edmea Barbosa, que vai morar em uma das casas, contendo sala, dois quartos, banheiro e cozinha e aquecedor solar, juntamente com o esposo e dois filhos. Sob forte emoção, a autônoma Francidalva, que paga R$ 220 mensais por um cômodo onde reside com os quatro filhos, pediu à secretária Luana que chamasse a “tia Rosângela” com a qual queria dividir esta conquista. Já a universitária Denise Guedes, casada, mãe de dois filhos, comemorou também o fato de conhecer sua futura vizinha, a viúva Ercilia Alves. “Estou muito feliz em saber agora onde vou morar e conhecer dona Ercília, minha vizinha”, destacou.

O sorteio de endereços é uma das etapas necessárias para o governo estadual realizar a entrega das unidades habitacionais, por ser o momento em que as famílias conhecem a rua, quadra e o número da casa que irão contratar com o agente financeiro, bem como, seus futuros vizinhos

O RESIDENCIAL

O Cristal da Calama é composto por 2.941 casas, divididas em quadras, todas com infraestrutura urbana. Cada casa possui sala, dois quartos, banheiro e cozinha, aquecedor solar, com área total construída de 41,94 m². Além disso, todos os imóveis destinados à pessoa com deficiência são adaptados para proporcionar acessibilidade e mobilidade.

O residencial ainda possui infraestrutura composta de via de acesso, rede de fornecimento de energia elétrica, abastecimento de água tratadas, sistema de coleta e tratamento de esgoto, vias internas asfaltadas com sistema de drenagem de águas pluviais, iluminação pública, centro comunitário e áreas de lazer.

A universitária Denise com a futura
 vizinha, dona Ercília

As primeiras unidades, um total de 1.966, foram entregues em março de 2018. A Seas estava aguardando a avaliação e aprovação dos documentos dos beneficiários realizadas pelo Banco do Brasil, em São Paulo, para efetuar a segunda etapa. Os outros 25 contemplados em sorteio ainda estão tendo a documentação analisada pelo banco.

OUTROS IMÓVEIS

O governo estadual tem ao todo 3.727 imóveis na capital que dependem do certificado de apto do Banco do Brasil para o sorteio de endereços, vistoria e entrega. Desse total, 496 são do Orgulho do Madeira, 816 do Morar Melhor, 544 do Porto Bello, 304 do Porto Fino, 592 do Porto Madero, além dos 975 do Cristal da Calama. No interior do Estado são 1.669, sendo 219 do Residencial Primavera em Jaru e 1.456 do Morar Melhor II em Ji-Paraná. Todos construídos por meio dos programas Morada Nova (estadual) e Minha Casa Minha Vida (federal).

Secom – Governo de Rondônia