Explosão em mercado no Paquistão mata ao menos 20 pessoas

24
Pelo menos vinte pessoas morreram e quarenta ficaram feridas depois da explosão de uma bomba em um mercado no Oeste do Paquistão, nesta sexta-feira (12)

Pelo menos vinte pessoas morreram e quarenta ficaram feridas depois da explosão de uma bomba em um mercado no Oeste do Paquistão, nesta sexta-feira (12). A bomba de fabricação caseira estava escondida em um saco de batatas, segundo a polícia.

“Um grande número de pessoas se encontrava no mercado”, disse à um porta-voz da polícia local, Fraz Hussain.

A maior parte dos mortos pertence à minoria hiita hazara, de acordo com Hussain. Em entrevista à televisão local Dawn, o inspetor-geral adjunto da cidade, Abdul Razzaq Cheema, também disse que, possivelmente, a explosão se tratou de um ataque voltado contra essa minoria, que costuma comparecer diariamente ao mercado com escolta policial.

Nesta ocasião, o comboio era formado por onze veículos e 55 pessoas, de acordo com Cheema. “A polícia fechou as portas [do mercado] para que ninguém pudesse entrar”, disse Cheema. No entanto, a medida foi insuficiente, já que as primeiras investigações indicam que a bomba tinha sido colocada antes que o grupo chegasse ao mercado.

O ministro de Interior da província de Baluchistão, Ziaullah Langove, negou que o ocorrido tenha sido um ataque contra essas pessoas.

Em julho do ano passado, 149 pessoas morreram em um atentado nessa província em um comício eleitoral durante a campanha das eleições gerais, no pior ataque da história do país.

*Com informações da Agência EFE